Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

Um gato debaixo do pinheiro de Natal



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Laboratório previne obesidade infantil
25-06-2009
Correio da Manhã
O Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, vai ser pioneiro em Portugal na medição da composição corporal dos recém-nascidos. Ontem foi inaugurado o Laboratório Nutricional, que apresenta um equipamento inovador que vai permitir "avaliar de forma muito precisa a composição corporal dos bebés, inclusivamente dos prematuros", explicou Gonçalo Ferreira, responsável pelo Serviço de Pediatra do Hospital.

O Laboratório Nutricional é composto por dois equipamentos que permitem avaliar a composição corporal desde o nascimento: o "BodPod", destinado a crianças e adolescentes com peso superior a 20 quilos, e o "PeaPod", um equipamento único em Portugal que vai permitir avaliar a massa corporal dos recém-nascidos e de crianças até aos oito quilos.

Através da medição da massa corporal na infância, os especialistas podem definir os factores de risco para a obesidade, que afecta cerca de dez por cento das crianças portuguesas. "As práticas alimentares precoces podem ter influência na composição corporal do adulto", sublinhou Gonçalo Ferreira.

Esta intervenção será aplicada a uma série de bebés e crianças, considerados grupos de risco para obesidade futura: recém-nascidos filhos de pais obesos ou de mães diabéticas e recém-nascidos com baixo peso ou com peso elevado ao nascer.

"É um equipamento confortável que permite realizar exames repetidamente, o que vai ajudar a avaliar o estado nutricional das crianças ao longo do tempo e perceber a eficácia dos tratamentos", explicou o responsável.

O Laboratório Nutricional, além de servir as crianças do Hospital D. Estefânia, também estará aberto a crianças oriundas de outras unidades de saúde.

O Laboratório foi financiado pela Fundação EDP, que considera o investimento de 100 mil euros "uma acção de responsabilidade social que vai servir melhor as crianças portuguesas".


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2020
Desenvolvido por:
 CCEB